PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Dez personagens dos games baseados (ou não) em pessoas reais

16 Bits da Depressão

07/03/2020 07h00

A lista de hoje irá visitar as fontes de inspiração para construção de alguns queridos personagens de jogos eletrônicos. Vamos conferir algumas homenagens, referências, curiosidades e histórias inusitadas sobre o reflexo de pessoas reais nos games.

1 – Robert Garcia (Steven Seagal)

Abrindo a lista nós temos esta homenagem a um ator e mestre em artes marciais que certamente já esteve presente em seu televisor durante os anos 90. Robert Garcia, de The King of Fighters e Art of Fighting, não é apenas visualmente baseado em Steven Seagal, ele também tem o nome e algumas características físicas atribuídas como homenagem ao também ator e diretor Andy Garcia.

2 – Samus Aran (Pelé)

Falando de atribuições baseadas em nomes… Por incrível que pareça, Samus Aran, protagonista da franquia de jogos Metroid, tem seu nome baseado na maior figura do futebol brasileiro. Edison Arantes do Nascimento, o Pelé, emprestou o prefixo de seu sobrenome para a heroína mais emblemática da Nintendo.

Além do nome, o visual de Samus foi inspirado pela beleza das atrizes Sigourney Weaver e Kim Basinger.

3 – Ellie (Ellen Page)

Este foi um caso controverso. Embora não houvesse pronunciamento oficial dos desenvolvedores de The Last of Us sobre a fonte do visual da personagem, diversas pessoas acabaram associando a aparência e o nome de Ellie à atriz Ellen Page, que tomou conhecimento e se chateou por não ter sido solicitada ou informada pelo uso.

4 – Robotnik (Theodore Roosevelt)

Quando questionado sobre a semelhança entre Robotnik, vilão de Sonic, e o 26º presidente norte-americano, Theodore Roosevelt, o autor do design, Naoto Ohshima, informou ter sido apenas uma coincidência. Além do aparente acaso, outra relação entre as duas figuras é o QI, já que Roosevelt também era um entusiasta das ciências, notório explorador e autor de livros sobre temas diversos.

5 – Balrog/M. Bison (Mike Tyson)

Esta homenagem simplesmente não podia faltar na lista por conta de alguns acontecimentos inusitados que decorreram da semelhança entre M. Bison e Mike Tyson. O personagem de Street Fighter era tão parecido com o pugilista norte-americano que os responsáveis pela Capcom norte-americana simplesmente decidiram alternar o nome de M. Bison com o de Balrog.

O mais incrível de tudo é que Mike Tyson só foi descobrir sua semelhança com o personagem de Street Fighter 28 anos após o lançamento do jogo. Confira a partir do minuto 2:45:

6 – Liu Kang (Bruce Lee)

Bruce Lee é uma figura tão icônica que poderíamos fazer uma lista inteira com personagens que foram baseados nesta lenda. Há influências no próprio Street Fighter, com Fei Long, em Tekken, Word Heroes, Dead or Alive, Punch-Out, Fatal Fury e, é claro, em Mortal Kombat.

7 – Bill Rizer & Lance Bean (Arnold Shwartzenegger e Sylvester Stallone)

A dobradinha com dois outros icônicos atores da Sessão da Tarde é produto de homenagem da Konami no jogo Contra. Como era comum naquele tempo ter jogos baseados em filmes para surfar no mesmo sucesso, é mais provável que esta "homenagem" tenha sido uma tentativa de conseguir o mesmo efeito sem precisar pagar por direitos de imagem.

De forma ou de outra, deu certo. Contra se tornou uma das franquias de maior sucesso da Konami no exterior.

8 – Lourenço Sombra (Lampião)

Em Trajes Fatais: Suits of Fate, o mais aguardado jogo de luta brasileiro, Lourenço Sombra é uma referência clara aos cangaceiros que assolavam o sertão nordestino entre o século XVIII e meados do século XX. Como, de longe, a figura que mais representa este banditismo é Lampião, podemos dizer que este personagem seria como uma sombra de lampião.

Saiba mais sobre o desenvolvimento na fanpage oficial do jogo no Facebook, e confira também a demo no Steam.

9 – Mario (Mario Segale)

O mais tradicional personagem de game de todos os tempos tem uma história bem curiosa que dá origem a seu nome. Mario Segale era o proprietário do galpão que a Nintendo havia alugado para ser a sede norte-americana da empresa. Após um episódio em que Mario Segale aparece furioso cobrando o aluguel, bem ao estilo Sr. Barriga, executivos à frente da Nintendo acabaram batizando de Mario o nosso carpinteiro que até então era conhecido como "Jumpman".

O desfecho da história foi o seguinte: a Nintendo conseguiu enrolar o coitado do Mario por mais algum tempo e, com o sucesso de vendas de Donkey Kong, lançado em 1981, o valor do aluguel não foi mais um problema.

10 – Dandara (Dandara dos Palmares)

Dandara, um dos mais aclamados jogos brasileiros, tem como protagonista uma mulher negra que homenageia diretamente a guerreira conhecida como Dandara dos Palmares. Escrava fugitiva que viveu e morreu lutando contra o sistema colonial escravista.

O enredo do jogo não aborda diretamente questões relacionadas ao racismo ou regimes escravocratas, mas ainda assim é uma excelente experiência que convida o jogador a pensar sobre as referências espalhadas pelo jogo.

 

Sobre o Blog

Diversão, alegria e jogos eletrônicos! Ou decepção, sofrimento e um pouco mais de jogos eletrônicos? O 16 Bits da Depressão vai abordar os assuntos que estão em alta no universo gamer, sempre com muito bom humor e poucos pixels.